Parece que foi de forma acidental, mas o certo é que a revelação de slides em químico destinado a negativos e vice-versa, ofereceu aos fotógrafos aquilo a que se chama processamento cruzado, ou cross-processing.

Depois tornou-se numa técnica popular entre os fotógrafos de moda nos anos noventa. Os resultados obtidos com esta troca de químicos são bastante imprevisíveis e variam de acordo com a marca e tipo de filme.

O efeito mais popular é criado colocando um negativo em químico para revelação de slide, oferecendo imagens com alto contraste, tom de pele amarelo-esverdeado, sombras azuladas e vermelhos mais vivos.

E é exactamente isto que vamos (tentar) imitar com a ajuda de um programa informático, como o Photoshop (preferencialmente uma versão CS).

Para além de retratos, obviamente que pode (e deve) experimentar esta técnica com imagens de paisagens, por exemplo.

1Inicie o Photoshop e seleccione a imagem a processar. Vá ao menu ‘Windows’ > ‘Layers’ para ter acesso à pequena janela Layers, ou camadas. Clique no ícone circular metade branco/metade preto e no menu seleccione o item ‘Curves’. Repare agora que existe uma nova camada com a designação Curves 1.

2Na janela Curves terá acesso ao histograma da imagem, com uma linha diagonal da parte inferior esquerda até à parte superior direita. No topo do histograma existe o botão ‘Channel’ com a opção RGB predefinida. É a partir deste botão que vamos dar início ao processamento da imagem.

3Comece por seleccionar a opção ‘Red’ e arraste o topo da linha preta um pouco para a esquerda. Depois clique em dois pontos na linha e desenhe uma curva em forma de S, como mostrado na imagem (isto é, mova o ponto superior um pouco para a esquerda e o inferior um pouco para a direita).

4Seleccione agora o item ‘Blue’, no botão ‘Channel’. Puxe um pouco para baixo o ponto superior da linha preta, e faça o inverso ao ponto do canto inferior esquerdo (isto é, mova um pouco para cima) – ver figura. Ao fazer isto removerá algum azul das zonas mais claras e tornará as sombras, no canal azul, mais sólidas.

5Pode agora ir novamente ao botão ‘Channel’ e seleccionar o item ‘Green’.Aqui deverá mover dois pontos, como fez no canal Red (passo 3) e desenhar novamente um suave S. Feito isto, pode ajustar novamente todos os canais a gosto. Uma vez satisfeito com o resultado, clique em ‘Ok’.

6Neste momento terá uma imagem que recorda o efeito cross-processing. Contudo, pode criar outras camadas de ajuste de forma a melhorar o resultado – em particular as opções ‘Hue/Saturation’ e ‘Brightness/Contrast’. Faça como no passo 1, só que em vez de seleccionar ‘Curves’, clica numa destas opções.

—–

Experimente outros ajustes
Os resultados obtidos através desta técnica são imprevisíveis. Faça o mesmo digitalmente. Assim, quando estiver a trabalhar nos canais de cor, no Photoshop, não receie ajustar as cores de outra forma, redesenhando a linha diagonal, por exemplo.

—–