A Canon acaba de melhorar a EOS 7D com um novo firmware v2, adicionando uma série de novos recursos para os entusiastas que procuram testar os limites das suas fotografias. A reforçar a elevada velocidade da câmara, a sua manipulação avançada e versatilidade criativa, o novo firmware oferece agora uma série de novos benefícios que incluem uma taxa de processamento RAW mais elevada, funções de edição na câmara, Auto ISO definido pelo utilizador e suporte para o receptor de GPS mais recente da Canon, o GP-E2.

Lançada em 2009, a Canon EOS 7D foi cuidadosamente desenvolvida com base no feedback de milhares de fotógrafos em todo o mundo. A câmara conjuga na perfeição uma qualidade de imagem e uma versatilidade excelentes para as mais variadas áreas fotográficas e continua a ser considerada uma das melhores câmaras APS-C do mercado. Ao desenvolver o novo firmware, a Canon seguiu uma abordagem semelhante, conseguindo o feedback dos seus utilizadores, por forma a actualizar a EOS 7D e a dotá-la de um melhor desempenho, uma maior capacidade de disparo e de funcionalidade criativa.

Desempenho RAW melhorado
Com um sensor APS-C CMOS de 18 Megapixel, processador Dual “DIGIC 4” e ISO máximo de 12.800, a EOS 7D oferece um disparo rápido e de alta qualidade a velocidades de até 8 fps. Graças a este novo firmware, que adiciona poderosos algoritmos de gestão de memória, utilizados em modelos topo de gama como a série EOS-1, os fotógrafos poderão agora desfrutar de uma maior flexibilidade em disparo contínuo, com um buffer RAW máximo agora expandido a 25 ficheiros RAW ou 130 JPEGs. Combinando a resolução máxima da câmara, 18MP, com o processamento de imagens a 14-bit, os fotógrafos podem agora capturar os momentos decisivos com enorme detalhe.

Edição e classificação de imagens na câmara
Uma série de novas funções de edição conferem aos fotógrafos um maior controlo sobre o aspecto das suas imagens, permitindo que a pós-produção se inicie na própria câmara. Os utilizadores podem agora processar os seus ficheiros RAW e corrigir parâmetros como a iluminação periférica, a distorção e a aberração cromática. Além disso, os ajustes no balanço de brancos, na nitidez e no estilo de imagem, bem como uma série de outros parâmetros, podem agora também ser feitos imediatamente após o disparo, podendo as alterações ser guardadas em novos ficheiros JPEG. Os ficheiros JPEGs podem também ser instantaneamente redimensionados, sem a necessidade de utilizar um computador.

Os fotógrafos podem agora filtrar facilmente grandes volumes de fotos utilizando para tal a ferramenta de classificação de imagem. A classificação das imagens é armazenada nos metadados de cada ficheiro, que pode ser lido por um conjunto de aplicações de edição, incluindo o Canon Digital Photo Professional, ou outros softwares como o Apple Aperture, o Adobe Lightroom e o Bridge.

Maior controlo em fotografia e vídeo
O novo firmware da EOS 7D oferece uma maior versatilidade na realização de fotografia e de vídeo. O recém adicionado controlo de Auto ISO permite que os fotógrafos limitem a velocidade máxima do ISO para qualquer valor disponível no intervalo ISO 400-6,400. Facultando um maior controlo sobre a exposição, os fotógrafos podem agora definir o ISO automático máximo para atender às suas preferências pessoais ou simplesmente para ajustar os parâmetros em situações concretas, por forma a corresponder aos objetivos criativos específicos.

A funcionalidade de áudio melhorada no modo de vídeo também faculta um maior controlo durante a gravação de vídeos. Os utilizadores podem complementar o vídeo desta câmara Full HD (1920x1080p) com som digital estéreo de 16-bit, com qualidade de broadcast a 48KHz, e o novo controlo manual dos níveis de áudio, permite escolher entre 64 níveis diferentes. Um filtro digital de corte de vento também contribui para a redução do ruído feito pelo movimento do ar em torno do microfone, garantindo um som claro livre de interferências periféricas.

Registe as suas viagens com a compatibilidade GPS
O Firmware v2 também oferece a possibilidade dos utilizadores rastrearem a localização das suas imagens com o novo suporte para o receptor GPS GP-E2 – a mais recente unidade GPS de alto desempenho da Canon. O GP-E2 fica firmemente ligado na sapata do flash e é ligado à câmara através de um cabo, tornando mais fácil para os utilizadores da EOS 7D a georreferenciação das suas fotos, com dados sobre a latitude, longitude e altitude, bem como a direção em que a fotografia foi feita – adicionando esta informação ao arquivo EXIF ​​da imagemi. Um logger GPS rastreia os movimentos fazendo download de GPS em intervalos regulares e a compatibilidade com o Google Maps permite que os utilizadores visualizem facilmente as suas rotas no software gratuito Map Utility da Canon.

O Firmware v2 vai ser lançado a partir de Agosto de 2012.