Com inauguração no próximo dia 5 e patente até 31 de janeiro 2013, está a mostra colectiva de fotografia na Galeria Geraldes da Silva.

“In the shade of time” Alexandre Manuel
Para Alexandre Manuel, o fotografo é, antes de mais nada, um amante stricto senso do objecto registado, ou seja para ele, a paisagem tornou-se a sua paixão. Para o artista, a prática fotográfica é uma meditação, uma contemplação das paisagens e das infinitas possibilidades de pintar com a luz. Num estilo quase minimalista, as obras de Alexandre questionam o estatuto e os limites da paisagem, nomeadamente da costa portuguesa. Com as técnicas de longa exposição, High key,… os registos naturais realçam a tensão existente entre ausência e presencia, entre o homem e seu lugar na paisagem, entre a evolução natural da paisagem e sua remanência na nossa vida. As perspectivas, as longas exposições e as condições atmosféricas adequadas permitem criar espaços quase puros, serenos e pacíficos, nos quais o enquadramento deixa a nossa imaginação flutuar para além do horizonte. Obcecado pela temporalidade, Alexandre tenta amarar o que é por natureza fugaz: a linha do tempo.

—–

“A tradição do nu” Rubén Garcia
O nu fotográfico começou no inicio da história da fotografia. No começo era algo secreto, escandaloso e proibido, e foi objecto de repressões morais da época, mas agora é visto como uma forma de arte mais clássica e pura.

As imagens apresentadas na minha exposição “Rubén García: a tradição do nu” a preto e branco de alto Contraste, tenta simular a fotografia antiga granulada, o que, apesar de ser digital, evoca a aparência e o espírito mais tradicional.

Pela primeira vez, uma amostra representativa será exposta, com a minha série arte quatro nu, a maioria destas fotografias inéditas em Portugal.

“A tradição do nu” surge no âmbito da publicação do livro com o mesmo nome, onde inclui as 30 fotografias que compõem esta exposição.

Com carácter itinerante, esta exposição exibiu-se pela primeira vez em Outubro de 2012 na Biblioteca Pública Provincial “Francisco Villaespesa” em Alméria Espanha, chegando agora ao Porto à Galeria Geraldes da Silva.

—–

“Secret Woods” de Rita Stravinsky

Reflexão fotográfica sobre a relação entre o corpo e a natureza como envolvência essencial. Um apelo ao elementar com referência a um mundo de fantasia. Projecto onde a sugestão se sobrepõe à imposição, permitindo aos personagens interacções improvisadas.

—–

Galeria Geraldes da Silva
Rua St.º Ildefonso 225/229
4000-470 Porto
Tel. 222013142
geral@geraldesdasilva.pt