Wandering thoughts

mm

Ana Gil

"Sou de Coimbra, licenciei-me em Design de Comunicação e trabalho na área.
Tenho um olhar sempre desperto para os pormenores, e uma tendência minimalista, o que faz com que fotografar situações de que gosto seja uma coisa que me sai muito naturalmente."

Ver todos os Posts

Olá Ana! Antes de mais, muito obrigado por aceitares este nosso convite para falares um pouco sobre o teu trabalho. Poderias começar por te apresentares aos nossos leitores?
Sou de Coimbra, mas assim que acabei o curso vim estagiar para Lisboa e por cá fiquei desde então. Licenciei-me em Design de Comunicação e trabalho na área.

Tenho um olhar sempre desperto para os pormenores, e uma tendência minimalista, o que faz com que fotografar situações de que gosto seja uma coisa que me sai muito naturalmente.

iPhone 6s . iPhone 6s Back Camera 4.15mmF2.2 @4.2mm . f/2.2 . 1/350″ . ISO 25
iPhone 6s . iPhone 6s Back Camera 4.15mmF2.2 @4.2mm . f/2.2 . 1/33″ . ISO 25

Quando surgiu o teu interesse pela fotografia e começaste a captar imagens de uma forma mais regular?
Tive fotografia no curso e sempre gostei de fotografar. Cheguei a ter uma página no Facebook, mas comecei a fotografar de uma forma mais regular quando aderi ao Instagram.

Verificamos que o branco domina o teu portefólio. Poderias explicar esta opção e como se reflecte no próprio processo de captura?
Os tons menos saturados criam uma harmonia visual na minha galeria. É um processo não só de captura – porque no momento que fotografo procuro situações menos complexas, com menos ruído visual, mais minimalistas – mas também de edição, onde por vezes os tons chegam a tornar-se mesmo brancos.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @35.3mm . f/10 . 1/446″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @20.9mm . f/8 . 1/500″ . ISO 200

No seguimento da questão anterior, o uso do branco como dominante faz parte de um conjunto de parâmetros que caracterizam o teu trabalho. Parâmetros esses não só relacionados com cor mas também pelos assuntos fotografados, o enquadramento, o uso da orientação vertical nas tuas imagens. Tudo isto constitui um elevado nível de consistência na tua galeria. Consideras importante manter esta coerência ao longo do tempo?
Para mim faz todo o sentido haver coerência e, também, harmonia visuais. Isto não significa que as fotografias tenham de ser todas brancas. O que habitualmente faço é um jogo de cores entre os brancos, os azuis mais frios e os pretos.

Sou designer e o “tudo certinho e direitinho” faz parte de mim, assim como estar sempre desperta para os pormenores do dia-a-dia. Gosto de receber feedback de alguém que vê a minha galeria pela primeira vez e consegue perceber que sou designer. Tenho preocupação com o enquadramento, a geometria, os ângulos, a escala…

A composição para mim é tudo.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/14 . 1/500″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/14 . 1/400″ . ISO 200

Costumas sair à rua com o único intuito de fotografar, ou a fotografia é algo que consegues compatibilizar com o teu quotidiano e acontece naturalmente, não premeditado?
Ando sempre com o smartphone comigo, portanto é fácil capturar algo que me desperte a atenção. Mas, como trabalho a tempo inteiro, não tenho muito tempo livre durante a semana. Acabo por ir fotografar com máquina, com os amigos aos fins-de-semana, e aí sim, já é previamente combinado.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @33.3mm . f/13 . 1/400″ . ISO 200

Quando andas na rua, observando a tua envolvente, que tipo de elementos procuras enquadrar numa imagem?
Tenho 4 temas que me atraem mais do que quaisquer outros:

  • arquitectura contemporânea (geometria)
  • jogos de sombra/luz
  • pessoas (pequenas, estilo silhueta com arquitectura)
  • janelas “com alma” (com uma história para contar)

Depois há sempre aquele candeeiro, aquele pássaro, aquela árvore despida… irresistíveis!

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/8 . 1/350″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15.6mm . f/14 . 1/400″ . ISO 200

Nas tuas imagens procuras a geometria, a perfeição, correto? Mas a cidade é um caos, uma justaposição de elementos díspares. Torna-se um desafio pessoal conseguir organizar todas essas partes e enquadrá-las como um todo dentro de um pequeno rectângulo?
Para mim, sendo adepta do minimalismo, é o que me dá gozo fazer. Conseguir reduzir os elementos e dar maior importância a um deles. Mas não publico exclusivamente fotografias minimalistas.

Já publiquei fotografias visualmente mais ruidosas e, quando o faço, é porque nesse momento me sinto cansada, angustiada, seja o que for. As minhas fotografias reflectem muito de mim e devem ser interpretadas num todo juntamente com as legendas.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/14 . 1/446″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/10 . 1/500″ . ISO 200

Como meio de divulgação do teu trabalho, o que tem o Instagram que mais nenhuma rede social ou comunidade online tem?
O feedback. Aliás, desisti da minha página de fotografias no Facebook por isso mesmo.

No Instagram há mais gente realmente interessada em fotografia e em comentar construtivamente as tuas fotografias. Mas sinceramente não pertenço a mais nenhuma para poder comentar.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @18.1mm . f/8 . 1/250″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @16.6mm . f/8 . 1/400″ . ISO 200

Fotografas quase exclusivamente com o smartphone. Isso é também consequência do Instagram, pelo fato de permitir captar, editar e publicar utilizando um único dispositivo?
Sempre gostei de fotografar com smartphone pela facilidade com que anda na mala e se tira a qualquer momento para registar aquele pormenor que acabaste de ver.

É prático e rápido, e a verdade é que cada vez mais, a qualidade das fotografias dos smartphones está melhor. Mas para alguns pormenores o zoom da máquina é bastante útil e a melhor qualidade também.

Que aplicações utilizas para edição de imagem?
Edito tudo no smartphone. Muito, (mas muito!!) raramente vou ao computador.

O meu smartphone também é minimalista em apps: Snapseed, Photoshop e o próprio Instagram são suficientes.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15.2mm . f/8 . 1/280″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/8 . 1/274″ . ISO 200

Independentemente do sistema operativo, que dicas poderias partilhar com os nossos leitores para que tirem o máximo partido das câmaras dos seus telemóveis?
Aconselho sempre a tirarem a fotografia o mais direita possível, quanto menos edição a fotografia precisar, melhor! E a terem um powerbank sempre à mão.

Com um impressionante número de cerca de 60 mil seguidores no Instagram a esta data, quais os segredos para se conseguir uma tão vasta audiência?
Embora grande parte deste número venha da altura em que o Instagram destacava utilizadores, gosto de responder aos comentários que deixam nas minhas publicações e também tento acompanhar as publicações desses utilizadores.

Há altos e baixos, e nem sempre a fotografia de que mais gosto é a que tem mais ‘likes’, mas o importante é eu gostar do que publico. Gosto sempre de participar em meets para ir conhecendo pessoalmente caras novas e creio que o facto de administrar a @_rsa_minimal, uma página dedicada a destacar fotografias minimalistas, também ajuda um pouco.

Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @15mm . f/6.4 . 1/294″ . ISO 200
Fuji X-T100 . Fuji XC15-45mmF3.5-5.6 @45mm . f/8 . 1/250″ . ISO 200

Subscreva a nossa Newsletter

 

Assine a nossa newsletter e receba as últimas atualizações e novidades da zoom - fotografia prática.




A sua subscrição foi enviada com sucesso.